Microsoft Power Platform: saiba como tirar a certificação

Microsoft Power Platform: saiba como tirar a certificação

A Microsoft Power Plataform é uma das certificações oferecidas pela empresa que ajuda a incrementar o currículo de qualquer profissional, tornando-o mais atrativo para o mercado. Isso acontece porque a emissora é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo.

Assim, ao longo do artigo serão comentados pontos sobre como conseguir esta certificação e a sua importância. Se você deseja saber mais sobre isso, continue a leitura.

Qual a importância de conseguir uma certificação da Microsoft?

A Microsoft é uma das maiores empresas do ramo de tecnologia. Portanto, possuir qualificação sobre os seus produtos e serviços é essencial para se colocar no mercado de trabalho, em especial em um contexto no qual as soluções oferecidas por essa empresa são cada vez mais usadas no ramo empresarial.

Atualmente, a Microsoft cona com três certificações principais:

  • Power Plataform App Maker Associate;
  • Azure Solutions Architect Expert;
  • Enterprise Administration Expert.

Além disso, a empresa considera a chamada “trilha de certificações”, um conceito que serve para designar o caminho que os interessados em obter estas qualificações precisam percorrer para conseguir sair do nível iniciante para o avançado. Portanto, é importante respeitá-lo.

O que é a certificação Microsoft Power Plataform?

Voltado para os desenvolvedores de aplicativos, o Power Plataform é uma certificação de nível intermediário da Microsoft. Em geral, este tipo de certificação é visto pela empresa como especializado em uma determinada atividade do ramo da tecnologia.

É possível afirmar que o Microsoft Power Plataform somente pode ser obtido por pessoas que atuam como desenvolvedoras de aplicativos e usam as ferramentas de criadores desenvolvidas por esta plataforma para apresentar soluções para as empresas.

Diante disso, é preciso alguma experiência prévia, especialmente no uso de tabelas dinâmicas, como aquelas feitas no Visual Basic For Applications, no Teams ou no próprio Excel. Outro ponto importante é o conhecimento a respeito da interface e dos processos.

Portanto, é possível afirmar que esta certificação é voltada para pessoas com um perfil profissional específico, especialmente aquelas que têm consciência das limitações das ferramentas disponíveis no mercado, mas sabem fazer um bom emprego destas na prática.

Como conseguir a certificação Microsoft Power Plataform?

Para conseguir a certificação Microsoft Power Plataform é preciso passar por um exame, o PL 100: Microsoft Power Plataform App Maker. Ele está disponível em vários idiomas distintos e pode ser agendado através do site oficial da empresa. Além disso, será preciso pagar uma taxa de US$100 para concluir a inscrição.

O processo é bastante simples e primeiramente será preciso criar uma conta no site da Microsoft. Com o registro pronto, será necessário fornecer algumas informações básicas, como idade, data de nascimento e região do mundo.

O exame em questão tem como objetivo medir a capacidade de realizar algumas tarefas técnicas, como projetar soluções para negócios e analisar dados. Também serão levadas em consideração as capacidades do profissional de implementar e gerenciar as soluções pensadas.

Por fim, o exame ainda contempla algumas questões de design, visto que embora esta área esteja menos ligada à programação, ela ainda é bastante importante para a funcionalidade dos aplicativos.

Gostou do conteúdo? Visite o blog da Pulsefy para encontrar outros artigos como este!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.